Resenha: Desejo Proibido de Sophie Jackson

Título: Desejo Proibido
Série: Desejo proibido #1
Autora: Sophie Jackson 
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Gênero: Romance/Ficção 
ISBN: 978-85-8041-450-9
Páginas: 411
Compare preços
Classificação: 3 de 5
Sinopse: "Seu amor é proibido, mas não pode ser ignorado." Katherine Lane nasceu em berço de ouro. Filha e neta de senadores, a bela ruiva de olhos verdes e curvas perfeitas se formou em Literatura e surpreendeu a todos ao decidir dar aulas em uma penitenciária. Mas quando Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, desperta ao mesmo tempo a raiva e o desejo de Kat, ela é forçada a admitir para si mesma que a decisão de lhe dar aulas particulares pode ter sido motivada não pela generosidade, mas sim pela crescente atração entre os dois.  Embora a família e os amigos de Kat temam que a paixão destrua sua carreira e sua vida, tudo o que ela quer é ficar com esse homem que a faz sentir-se completa. Porém Carter guarda um segredo que tanto pode unir seus destinos para sempre quanto afastá-los de uma vez por todas. Desejo proibido é uma história de amor e redenção, de universos distantes que se aproximam e se fundem numa paixão avassaladora. “Bem escrito e viciante. Impossível parar de ler.” – The Romance Cover 

Hey leitores! Hoje eu vou falar de Desejo Proibido da Sophie Jackson, A Pound of Flesh é o título original do volume 1, primeiro livro da série, composta por:

1. A Pound of Flesh (2015) - Desejo Proibido, já lançado pela editora arqueiro.
1.5. Love and Always (2015) - Eternamente Você, já lançado pela editora arqueiro em e-book (disponível no site da editora).
2. An Ounce of Hope (2016) - Previsão de lançamento 2016. 
2.5. Fate and Forever (2016) - Sem previsão de lançamento.
3. A Measure of Love (2016) - Sem previsão de lançamento.

Eu li por aí, que essa série originou de uma fanfic de Crepúsculo, não sei se procede, mas acho incrível a quantidade de livros que originaram de Crepúsculo. Apesar de todo o preconceito que está envolto em Twilight, foi inspirador de tantas formas para tantas pessoas, isso por si só, já é demais! 

Voltando ao livro, Desejo Proibido nos conta, em uma narrativa na terceira pessoa (do qual não sou fã, e foi um dos poucos pontos negativos desse livro), a história de amor, de Katherine Lane e Wesley Carter. 

Como diz a sinopse, Kat nasceu em berço de ouro, filha e neta de senadores, ela surpreendeu a todos quando se formou em literatura e decidiu dar aulas em uma penitenciária... É aí que entra Carter, um detento inteligente e perigosamente sexy, que desperta primeiro a raiva, depois o desejo de Kat.
Eu vou começar dizendo que, não amei o livro, mas gostei bastante (minha cara isso! Kkk...). Eu gostaria que os temas importantes que foram abordados, os que me fizeram refletir, tivessem sido melhor explorados, mas entendo que é um romance, e que esse não era o foco principal. 

Eu acredito que os pontos mais positivos deste livro são, o cenário, pois é um romance original, professora X aluno presidiário (ao menos eu, ainda não tinha lido nada nesse contexto) isso foi o suficiente para despertar o meu interesse na leitura. Outro ponto é a personalidade de ambos os protagonistas, acreditem, quase não tem mimimi (uhuuul!). Apesar de estarem descobrindo-se, sentimentalmente falando, eles mostram uma maturidade emocional, característica tão ausente nos romances de hoje, que dá gosto de ler (obrigada, Sophie).

Gostar dos protagonistas é tão raro, eu admito, (principalmente as protagonistas femininas, que costumam me irritar), mas com Kat e Carter foi diferente, eles me cativaram desde o início. Kat sempre mostrou uma bela personalidade, forte, serena, decidida, sonhadora, mas sensata. Carter é o mocinho sexy bagunçado, o cara mau por bons motivos, o cara que exala perigo, mas que você não consegue parar de olhar ou manter distância. E olhando de fora, juntos, eram o par mais improvável, e sim, eles são o improvável mais perfeito um para o outro. E suas decisões ao decorrer da leitura, só cimentou meu ponto de vista. 

Eu acredito sim em sensações, sentimentos, paixões, amores a primeira vista (depoimento de quem já sentiu isso, de verdade), então pra mim, soa convincente quando algo assim é abordado de cara, principalmente quando o outro também te provoca certa irritação (a velha história do garoto que puxa o cabelo da garota na escola, quando gosta dela, clichê, mas real...). Mas calma, entendam, atração, desejo, química à primeira vista, não significa consumar isso na mesma hora, não. O melhor da relação de Kat e Carter, é toda a tensão sexual, todas as preliminares são essenciais para a história deles. 

Carter se sentou e começou a remexer em sua mochila enquanto Kat o observava de forma velada. Ele pegou um pacote grande de biscoitos Oreo e os colocou na mesa.
Kat ficou boquiaberta. Ela não comia Oreos havia anos. Nunca mais tinha conseguido (...)
- Não é permitido comer aqui.
Ele deu uma olhada em torno da sala vazia.
- Você vai me dedurar?
Kat se sentou.
- Só não faça bagunça.
- Pode deixar, Pêssegos.
(Pág.118)

Esse romance tem tantas pequenas referências, que se eu conversar com qualquer outra pessoa que o leu, vai compreender quando eu falar: Oreo, Pêssegos... Eu acho tão incrível quando um autor faz isso, pois é uma maneira de enraizar a história na nossa mente. Ponto positivo!

Como vocês já sabem, não gosto de fazer resumos das histórias, gosto de despertar (ou não) o interesse de vocês pelo livro. E Desejo Proibido é o tipo de história que se eu me estender demais, vou acabar revelando o que vocês só gostariam de saber quando estivessem lendo. Então, leiam. Eu super recomendo! Se você gosta de histórias originais de paixões avassaladoras, esse livro é pra você. 


Melhor quote...
- A verdade é - sussurrou ele, os lábios perto do ouvido dela - que morro de medo de ir embora. Não consigo. Fico desamparado sem você.
Kat apertou o braço dele, repousou a cabeça em seu bíceps e soltou um ruído baixinho e dolorido de alívio.
O nariz dele subiu até a têmpora dela.
- Sou seu. Você precisa saber disso. Céus. Me diga que você sabe.
- Eu sei - choramingou ela. - Eu sei.
(Pág.354)

A linda da Editora Arqueiro enviou esse kit fofo (além do livro na caixa personalizada, também veio um pacote de biscoito Oreo - tudo a ver com a história -, um botom personalizado e marcadores). 


Ps: Eu juro que tinha um pacote de biscoito Oreo nessa caixa. Não faço ideia de onde ele foi parar... :D 



6 comentários:

  1. Eu gostei mto deste livro, justamente por envolver um presidiário, depois ex, como protagonista da trama. Tb tomo mto cuidado com as minhas resenhas pra não virarem resumo escolar rsrsrs.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neli, acontece muito isso por aí, hein?! Rs...
      Vc deve estar ansiosa pelo livro dois, igual eu.
      Obrigada por comentar!
      Beijos... L

      Excluir
  2. De fato eu nunca me interessei muito por livros com essa temática, mas esse está sendo um dos únicos que eu sinto realmente vontade de ler, que realmente me interessa. Acho que a minha lista de livros vai aumentar esse ano drasticamente. Adorei o seu blog, já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alef Cauê!
      Já visitei seu blog, ri muito com seus vídeos, e também já estou seguindo.
      Obrigada por comentar!
      Beijos, L

      Excluir
  3. Oi Lili,
    Cadê o biscoito? kkkkkkkkkk.....bem já me falaram muito bem da série, que estou tentada a adquiri-la para ver por mim mesma do que a Sophie é capaz de fazer, ainda mais eu que amo esse estilo também, depois dos livros cheios de e-mails e mensagens, esse tipo de romance é o que mais me prende.
    Gostei do que escreveu e mesmo não tendo amado e sim gostado, estou doida para conhecer a história desse casal.

    Beijos
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elis, comi! Kkk... Amo Oreo!
      Leia sim, depois me diz se gostou.
      Obrigada ❤️

      Beijos, Lili

      Excluir

Related Posts with Thumbnails