Resenha: Para Sempre - Kim e Krickitt Carpenter



Título: Para Sempre
Autores: Kim Carpenter, Krickitt Carpenter
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630083
Ano: 2012
Páginas: 144

Sinopse: A vida que Kim e Krickitt Carpenter conheciam mudou completamente no dia 24 de novembro de 1993, dois meses após o seu casamento, quando a traseira do seu carro foi atingida por uma caminhonete que transitava em alta velocidade. Um ferimento sério na cabeça deixou Krickitt em coma por várias semanas. Quando finalmente despertou, parte da sua memória estava comprometida e ela não conseguia se lembrar de seu marido. Ela não fazia a menor ideia de quem ele era. Essencialmente, a "Krickitt" com quem Kim havia se casado morreu no acidente, e naquele momento ele precisava reconquistar a mulher que amava.

Não sabia o que esperar desse livro, pois vi comentários divergentes em relação a ele desde que foi lançado.  Eu adoro histórias reais que são contadas, seja em filmes ou livros.

Conhecemos já no prólogo uma Krickitt sem lembranças de que é casada e seu marido a seu lado não acreditando que aquilo poderia estar realmente acontecendo. Daí o livro começa e nos mostra como Kim e Krickitt se conheceram por telefone, ele fazendo uma compra com ela e já se encantando com a vendedora que o atendeu. Eu achei isso meio surreal, alguém se interessar por uma voz ao telefone, mas a história é real então por mais difícil que tenha sido pra entender isso, aconteceu de verdade!

Os dois passam a se falar sempre ao telefone e começam um relacionamento assim, logo depois se encontram pela primeira vez (os dois moram em cidades diferentes) e o romance engata de vez, trazendo em pouco tempo depois um casamento entre eles. Poucas semanas após seu casamento, eles sofrem um acidente de carro que quase mata Krickitt, mas por um milagre ela sobrevive só que sem lembrar-se de ter conhecido seu marido. Kim faz de tudo para conseguir a memória de sua esposa de volta, mas percebe que tem que mudar sua tática e resolve reconquistá-la.
[...] Eu e minha esposa havíamos nos conhecido, namorado, noivado, nos casado, passamos a lua de mel no Havaí e começamos a nossa vida a dois em Las Vegas. Ela não se lembrava de nada daquilo. Ela nem sequer se lembrava do acidente. [Pág. 78]
É incrível ver uma história como a deles, o tanto de barreiras que conseguiram superar para ficarem juntos. E durante todo o tempo Kim não saiu do lado da esposa, nas reabilitações, mesmo quando ela o xingava quase todos os dias, etc. Hoje em dia é tão difícil acreditar que algo assim possa acontecer, o tanto de fé e esperança que eles carregavam dentro de si e que permitiu que Kim não saísse do lado de Krickitt apesar de ter achado que havia perdido a esposa de verdade, pois a nova não lembrava quem ele era.
- A vida não é justa, é apenas a vida. - Todos têm momentos em que sentem como se estivessem à deriva, abandonados mesmo... Mas não é verdade. Não para quem tem fé. [Pág. 20]
O livro é narrado por Kim Carpenter, a leitura é leve e bem rápida, dando pra ler o livro em poucas horas. Gostei muito da fé que Krickitt traz consigo durante todo o livro, que é uma das coisas mais importantes em sua vida e de como Kim não sai do seu lado por nada devido ao amor que sente por ela.
[...] Eu achava que ela não sentia mais amor por mim. Alguns meses após o nosso casamento, a mulher que eu amava aparentemente me odiava. E aquilo estraçalhava meu coração. [Pág. 94]
É uma bela história onde o amor e a fé os fez superar um trauma que mudou suas vidas!





Após ler o livro fiquei curiosa para conhecer Kim e Krickitt, então fui atrás de fotos da família Carpenter:




O filme baseado no livro tem previsão de estreia para junho de 2012 no Brasil. Segue o trailer legendado do filme:




Beijos, Andresa




16 comentários:

  1. Adorei o livro, o filme não muito :(

    ResponderExcluir
  2. Eu pretendo ler esse livro em breve, até porque foi o que eu ganhei no Top Comentarista de Março aqui do blog (eu ... toda boba!). Enfim, estou com ótimas expectativas sobre o livro e achei bem bacana você procurar a família Carpenter real. Muito bom o post!

    ResponderExcluir
  3. Quero muito
    ler esse livro, por mostrar uma história em que o amor e a fé podem superar
    tudo.

    Parece ser
    um pouco viajada essa história de se apaixonar pela pessoa apenas ouvindo a voz
    dela pelo telefone, mas mesmo assim é bonitinho.

    Obrigada
    pela resenha. Bem legal a foto da família Carpenter real.

    Aguardando o
    lançamento do filme.

    Bjins. ^^

    ResponderExcluir
  4. Gostei bastante do livro, é uma história de amor muito bonita. Concordo com vc sobre se apaixonar por uma voz ao telefone, mas são coisas que não podemos prever.
    Agora assistir ao filme, será que é bem fiel ao livro?

    Bjoo

    ResponderExcluir
  5. Aiiii queria tanto ler esse livro , pois adoro ler primeiro pra depois assistir o filme rs , adorei a resenha e não tinha ideia que era uma historia real ,muito bacana .

    ResponderExcluir
  6.  Nossa ganhei esse livro em uma promoção e quando ele chegou larguei tudo pra le-lo tava muito afim e vou dizer AMEI a história é envovente, achei que faltou um pouco de romance mais como a história é contada por um homem relevei, e chorei horrores com a descrição do acidente. O ponto crucial desse livro creio que nem seja contar a linda historia do casal, mas sim focalizar na fé, que foi o instrumento que os manteve tão convictos de que iam superar essa situação tão terrivel com o mesmo amor e companherismo de sempre. E como a propria caixinha do livro diz "o que o destino apagou, o amor reescreveu" achei linda essa frase e retrata toda a historia. Vale  apena ler e se emocionar

    ResponderExcluir
  7. Tou super afim de ler esse livro! :D:D
    Todo mundo diz que é lindo, mas o filme deixou bastante a desejar! :S:S

    Lovely Read

    ResponderExcluir
  8. Vou ler esse livro concerteza ! Ganhei esse livro num top comentarista ! hihihihi beijos !

    ResponderExcluir
  9. morro de vontade de ler esse livro só pela capa,mas depois dessa resenha,eu necessito ler esse livro.eu nao sabia que ia lançar o filme..e adorei a foto.

    ResponderExcluir
  10. Eu gosto muito desse tipo de romance dramático, mas não sei porque de alguma forma desde que a novo conceito o lançou esse livro não me chamou a atenção, sei lá, não me interessei muito, tanto que nem fiz questão de comprar logo de cara, como sempre faço com os lançamentos da novo conceito. 

    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Sua resenha ficou linda e amei as fotos ao fim.. legal essa que eles 'imitam'  o poster do filme ;) 
    Bem, a historias deles é bem inusitada então é super normal ficar 'como assim?' mas ué, se foi real.. E pelo mundo acontece mesmo esse tipo de coisa que parece de filme.. Mas tb acontece na vida real!
    Esse quote é lindo '- A vida não é justa, é apenas a vida.'

    O livro é mt bonito achei lindo o que ele (e ela) enfrentou e no final conseguiram super tudo e estão bem até hoje... Inspirador.. tanto casal por ai que não aguenta a pressão dos problemas da vida...

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Ai gente, essa história é tão fofa! Eu sou muito manteiguinha, e choro bastante com uma boa história de amor. Essa envolve fé também, então com toda a certeza vai me emocionar!

    Adorei a resenha.

    Beijos,Natalia Lealhttp://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. ahh vou ver o filme, quero saber se eles conseguem se reconquistar

    ResponderExcluir
  14. Amanda Nascimento29 de abril de 2012 00:29

    Eu gostei do filme, acho que o livro pode me surpreender mais ainda.Tô querendo ler para fazer os comparativos..adoro fazer isso , rsrs

    ResponderExcluir
  15. Idalina Bordotti28 de maio de 2012 16:37

    Eu fiquei louca pra conhecer a família também... ainda bem que achei aqui... tinha acabado de ler o livro... =]

    ResponderExcluir
  16. Quero lê o livro antes de vê o filme, quase certeza q vai cair um cílio  no meu olho *cof cof* O trailer é lindo <3

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails