Sessão Pipoca: A Garota no Trem


Título original: The Girl On The Train
Título: A Garota no Trem 
Elenco: Emily Blunt, Haley Bennett,Rebecca Ferguson, Justin Theroux, Allison Janney, Luke Evans, Laura Prepon, Edgar Ramirez, Lisa Kudrow.
Direção: Tate Taylor
Gênero: Drama, Suspense, Thriller, Mistério.
Duração: 112 minutos
Estreia: 27 de outubro de 2016
Nota: 2
Sinopse: Rachel (Emily Blunt), uma alcoólatra desempregada e deprimida, sofre pelo seu divórcio recente. Todas as manhãs ela viaja de trem de Ashbury a Londres, fantasiando sobre a vida de um jovem casal que vigia pela janela. Certo dia ela testemunha uma cena chocante e mais tarde descobre que a mulher está desaparecida. Inquieta, Rachel recorre a polícia e se vê completamente envolvida no mistério.

Baseado em um livro de mesmo nome A Garota no Trem, é uma daquelas histórias que te deixa intrigado e te faz surtar com as reviravoltas pensadas pela autora. E assim como o livro, o filme conta com o ponto de vista de três personagem (Megan a garota perfeita idealizada por Rachel, e Anna atual esposa do ex marido de Rachel, e a própria Rachel) isso amplia sua forma de analisar os fatos e ao mesmo tempo em que te deixa sem saber ao certo quem é a mocinha e quem é a vilã, fazendo com que a curiosidade aumente e o suspense se torne ainda melhor.


Apesar de personalidades diferentes, a história dessas mulheres acaba se esbarrando em um mistério, o desaparecimento de Megan. A personalidade autodestrutiva de Rachel é irritante em alguns momentos e em outros se faz totalmente necessárias para se causar os conflitos da história, e isso me deixou preocupada em relação a atuação de Emily Blunt, já que a personagem necessitava de uma carga emocional gigantesca pois todo o drama vivido pela protagonista seria totalmente fundamental para o restante da história. Fui surpreendida de forma positiva uma vez que Emily foi muito fiel ao retratar os altos e baixos da personagem sem perder o “foco” ou parecer forçado. Já a atuação do restante do elenco que seguiu em banho maria durante todo o filme, e em momentos que esperava algumas atuações iria esquentar, elas não surpreendiam.


O filme conta com um roteiro bem trabalhado, e apesar de apressarem os acontecimentos, os erros são praticamente imperceptíveis. Possui uma história que te prende e uma trilha sonora que te envolve, mas o melhor de tudo é o desfecho para quem não leu o livro com certeza irá se surpreender positivamente (juro que esse final nunca havia me passado pela cabeça) e quem já teve o gostinho de ler e mesmo assim ficou curioso para saber como iriam trabalhar o final na adaptação devo dizer que você também vai se surpreender. 


Trailer




2 comentários:

  1. Rhilary!
    Não li o livro ainda e nem assisti o filme, mas tenho muita curiosidade, porque adoro thrillers no estilo.
    Não entendi bem porque você elogiou vários aspectos do filme e no final de apenas nota 2...
    “Saber de cor não é saber: é conservar aquilo que se deu a guardar à memória.” (Michel de Montaigne)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola,Primeiramente obrigada pelo comentario <3
      O filme tem muitos aspectos positivos mas falta algumas coisinhas,sabe?
      gostei bastante dos pontos que destaquei na resenha porem a minha experiencia foi só "legal" por isso a nota 2 ( creio que estou ficando chata para essas coisas).Quando você ler ou ver o filme conta pra gente como foi a experiencia,vou adorar saber.

      Excluir

Related Posts with Thumbnails