Resenha Internacional: The Iron Daughter de Julie Kagawa




Título Original: The Iron Daughter (The Iron Fey #2)
Título em Português: A Filha do Ferro  (Série Os Encantados de Ferro 2)
Editora: Harlequin Teen
Autora: Julie Kagawa
Ano: 2010
Sinopse: Meio princesa encantada de Verão, meio humana. Meghan nunca se encaixou em lugar nenhum. Abandonada pelo príncipe de Inverno que ela acreditava amá- la, agora é prisioneira da rainha encantada de Inverno. Com a guerra iminente entre Verão e Inverno, Meghan sabe que o verdadeiro perigo vem dos encantados de Ferro - encantados cujo organismo contém ferro e que só ela e seu príncipe ausente chegaram a ver. Mas ninguém acredita em Meghan. Pior, os poderes de encantada de Meghan foram bloqueados. Ela está presa em Faery e só pode contar com os próprios recursos. Confiar em alguém seria tolice. Confiar em um possível traidor poderia ser fatal. Mas, mesmo enquanto desenvolve uma resistência de ferro, Meghan não pode ignorar os sussurros da saudade em seu coração humano.

A resenha é internacional porque estou lendo toda a série em inglês e tive que traduzir os quotes! Fiz um resuminho do primeiro livro porque já possui resenha dele no blog (que não foi feita por mim) só pra relembrar.

Quando li The Iron King ainda não sabia exatamente o que sentia pela série. Gostei muito de conhecer o mundo faery, pois eu nunca havia lido nenhum livro sobre ele. Deparei-me com tudo muito diferente do que eu imaginava. Lendo em inglês tive muita dificuldade de entender os termos e os seres que lá habitavam por isso não senti aquele amor por essa série com o primeiro livro.

No primeiro livro passamos a conhecer um novo mundo. Após o sequestro de seu irmão, Meghan Chase descobre que existe um mundo das fadas (Nevernever) escondido, seu melhor amigo Robbie é na verdade o personagem Puck de Sonho de Uma Noite de Verão de Shakespeare e que ela é filha do Rei Oberon, ou seja, ela é metade humana, metade faery e princesa da corte Summer. No meio do caminho ela encontra Ash, da corte Winter, arqui-inimigos de Oberon. Coisa vai e coisa vem, ela, Ash e Puck se juntam para resgatar seu irmão Ethan e no caminho eles descobrem que existe um novo tipo de fey surgindo, os feys de ferro, que são mortais aos feys normais e querem comandar Nevernever. Claro que nesse meio tempo, ela se apaixona perdidamente pelo frio príncipe Ash.

The Iron Daughter começa um pouco depois de onde o primeiro livro acabou. Temos Meghan na corte Winter sendo “prisioneira” de Mab, a rainha da corte Winter. Isso graças à barganha que ela fez com Ash para que tivesse sua ajuda para encontrar seu irmão em The Iron King. O príncipe da corte Winter e amor da sua vida, a entregou para sua mãe Mab, daí ela acha que ele a traiu e que não a ama por suas atitudes perante ela. E é então que ela fica mais irritante que o normal quando acha que ele não está nem aí pra ela. (Haja paciência para aturá-la).

Eu não sou uma faery de inverno. Eu sou humana, com sentimentos e emoções humanas. E se você quiser que eu me desculpe por isso, você pode esquecer. Eu não posso simplesmente desligar meus sentimentos como você. [Pág 15]

O cetro das estações é roubado dos aposentos da rainha Mab e um de seus filhos assassinados. Por estarem lá na hora, Meghan e Ash são acusados de traição e consequentemente toda a corte passa a persegui-los. Um novo Iron Fey (fey que usa tecnologia para sobreviver e que é mortal para os feys normais, que não podem ficar perto de ferro) apareceu e uma nova guerra está surgindo entre as cortes Winter e Summer. Temos novos personagens e a volta de alguns já conhecidos no primeiro livro.



Meghan vai finalmente perceber os sentimentos de Puck por ela e também que seus sentimentos por ele podem não ser os que ela imaginava.
"Você é meio cega, sabe?" Puck sussurrou, sorrindo para suavizar suas palavras. "Eu não desafiaria Oberon por qualquer um. Mas, por você..." Ele se inclinou para frente, tocando sua testa na minha. "Eu voltei dos mortos por você." [Pág. 123] 
Uma das coisas que mais gosto nos livros da série é a interminável briga entre Ash e Puck! Que eram melhores amigos e se tornaram de certa forma inimigos e estão sempre duelando um com o outro. E agora os dois estão apaixonados pela mesma garota, é claro que as coisas esquentam entre eles em todos os livros da série por causa da chatinha Meghan.
Eu sei que você arriscaria tudo para nos proteger, e é isso que me preocupa. [...] Eu ouvi o que aconteceu no reino Machina e sim, ele me assustou bastante. Eu te amo, droga. Eu não vou assistir você ser dilacerada quando tudo acabar mal. - Puck [Pág. 135] 
A leitura foi bem mais fácil pra mim dessa vez porque já me acostumei com os termos e personagens, a leitura fluiu bem, apesar de eu ter demorado para ler (por falta de tempo mesmo e por ser em inglês eu costumo levar mais tempo). Ash continua o mesmo, mas ao mesmo tempo diferente, suas atitudes durante boa parte do livro para se afastar de Meghan pode confundir algumas pessoas (incluindo a anta da Meghan), mas pra mim sempre ficou claro o que um sente pelo outro. Puck que é meu personagem preferido continua super engraçado, fazendo piadinhas o tempo inteiro e não está disposto a perder Meghan para Ash.


Team Ash ou Team Puck? Por mim Meghan poderia terminar sozinha (pelo menos até esse livro ela ainda não tinha minha completa simpatia)... Se eu fosse um Team, eu seria pelo personagem em si e não para ele fazer par com a personagem principal, então eu diria que sou... Team Ash e Team Puck kkkk. Não resisto aos dois *-*
"Como está Oberon esses dias? Ainda subjulgado por um basilisco de mulher?"
"Não insulte os basiliscos..." Puck respondeu, sorrindo. [Pág 173] 
Quando Ariella morreu, tudo dentro de mim congelou. Foi somente através da caça-assassinato que eu pude sentir alguma coisa novamente. Eu não me importava com nada, nem comigo mesmo. Atirei-me em lutas que pensei que iria perder, só para sentir a dor de um golpe da espada, as garras me dilacerando. - Ash [Pág. 96]
Só digo uma coisa, o final é daqueles que te fazem querer ler o próximo logo!! 
Quem não conhece a série, está esperando o que? Leiam agora!!

Já li o 3º livro da série, The Iron Queen, que ainda não foi lançado no Brasil, mas sua capa já foi liberada então imagino que nesse mês ou no próximo deva sair por aqui, a série é publicada pela Editora Underworld no Brasil. Ainda não li The Iron Knight que é o último da série!! Eu comprei os 4 de uma vez, mas ainda não tive coragem de pegar o último da série o.O

Será lançado em setembro o último ebook de contos da série, Iron's Prophecy que se passa após o último livro. Além disso, será lançado The Iron Legends que contém os 3 ebooks de contos da série: Winter's Passage (na visão de Ash e se passa entre os livros 1 e 2), Summer's Crossing (na visão de Puck, entre os livros 3 e 4)  e Iron's Prophecy (após o último livro). 



Vai ser lançado um spinoff da série em outubro nos EUA, The Lost Prince e será com o irmão da Meghan, Ethan.  

Além dessa série a autora lançou The Immortal Rules que é o primeiro de uma série e sobre vampiros. Já comprei meu exemplar e espero ler em breve! Parece ótimo.

PS: Comente nesse post e participe do Top Comentarista de agosto AQUI.

Beijos, Andresa


7 comentários:

  1. Concordo com você. A Meghan é insuportável e não merece nenhum dos dois. E pior é que a maioria das pessoas gostam dessa personagem.
    Não entendo.

    ResponderExcluir
  2. As capas são lindas principalmente a do lobo. Espero que a série seja toda lançada logo . Fiquei interessadíssima em conhecer todos os personagens.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Vou pular essa resenha porque ainda vou ler o Rei do Ferro... Todo mundo fala tão bem que estou curiosa!


    Um beijo,
    Nats.
    http://www.vireapagina.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Andresa!


    Qual o nível de inglês dessa série, em geral? Desanimei em ler o estrangeiro por essa coisa de termos que você falou...


    Acho que para mim funcionaria mais o nacional, o que você acha?


    Ótima resenha, como sempre.


    Beijos!


    Natalia Leal
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. @google-7c09feb7a96996fabe139e36719b0167:disqus Olá! Olha, não recomendo ler em inglês a não ser que seu inglês seja de um nível avançado. E além do nível bom de inglês, ainda tem várias criaturas, seres e palavras do mundo criado pela autora e falta um pouco de explicação sobre elas no livro. Não sei como está a versão publicada aqui, mas é a opção pra quem tem dificuldade com inglês, ou não tem um nível avançado na minha opinião.

    Obrigada =)

    ResponderExcluir
  6. Eu sou simplesmente apaixonada por aprender outra língua. Mas confesso que o meu nível de inglês é bem fraco, e pelo visto eu vou me enrolaria toda nessa leitura. Definitivamente tenho que entrar num curso de inglês. Urgente. A serie parece bem grande, quem sabe quando eu começar a ler inglês eu não me anime?

    ResponderExcluir
  7. no canto da estante28 de agosto de 2012 08:03

    Esta serie parece ser bem legal !!!
    È uma serie que eu adoraria ler

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails