Resenha: Príncipe Sombrio de Christine Feehan



Título: Príncipe Sombrio (Os Cárpatos #01)
Autora: Christine Feehan
Editora: Universo dos Livros
ISBN: 978-85-7930-284-8
Ano: 2012
Páginas: 464


Sinopse: Mikhail Dubrinksy é o Príncipe dos Cárpatos, o líder de uma sábia e secreta raça ancestral que vive na noite. Tomado pelo desespero, com medo de nunca encontrar a companheira que iria salvá-lo da escuridão, a alma de Dubrinksy gritava na solidão. Até o dia em que uma bela voz, cheia de luz e amor, chegou a ele, atenuando sua dor e seu anseio. Raven Whitney possui poderes telepáticos e os utiliza na captura dos mais depravados serial-killers. Desde o momento que se conheceram, Raven e Mikhail foram incapazes de resistir ao desejo que faiscava entre eles. Mas forças sombrias tentarão destruir esse frágil amor. E mesmo que sobrevivam, como poderão - cárpato e humano - construir um futuro juntos?


Mais uma série de vampiros na área. Eu adoro o tema e não me canso. Antes de qualquer coisa vamos a mitologia vampira da Christine Feehan. Nas montanhas dos Cárpatos (que passa por vários países: República Tcheca, Hungria, Polônia, Romênia, Sérvia e Eslováquia... Sim, elas existem de verdade, vejam aqui mais detalhes: Cárpatos), vive uma raça denominada também Cárpatos. Eles precisam beber sangue humano, podem se transformar em névoa e alguns animais, falam por telepatia e controlam alguns animais, se ficarem no sol fritam e alho, etc não funcionam com eles.
 
Eles estão a beira da extinção porque as mulheres tem poucos filhos e quando algum sobrevive é menino. Sem mulheres para serem suas companheiras os machos vivem centenas de anos, perdem a capacidade de ver as cores e de ter sentimentos. Se juntar com humanas não dá certo porque transformar um humano em vampiro pode levá-lo a loucura. Não é qualquer que eles precisam e sim de sua alma gêmea. Preciso de um desses girls!
 
Então os Cárpatos só tem 2 escolhas: se matar esperando o amanhecer ou se render a loucura causada pela falta de uma companheira se tornando-se um morto-vivo (é um vampiro que comete várias atrocidades). 

Raven ajudou em alguns casos perseguindo serial killers para a polícia nos EUA. Depois de um caso muito difícil ela tira férias nas montanhas dos Cárpatos querendo recuperar a mente.
 
Mikhail está pensando em se matar quando Raven sente sua dor e solidão e o salva conversando com ele telepaticamente. É o início de tudo. Logo Mikhail fica obsecado por Raven e intrigado em porque ela o faz enxergar as cores de novo sendo que é humana e não poderia ser sua verdadeira companheira. Humanos e membros da raça dos Cárpatos não ficam juntos. Mas ele não consegue resistir a essa atração que ocorre com os dois.

Quando a irmã de Mikhail é assassinada, ele tem que ir atrás dos assassinos. E o perigo pode estar mais perto de Raven do que se imagina.
 
"-Como eu posso resitir a você Mikhail, quando você tomou conta do meu coração? O sorriso de Mikhail fez o coração dela dar um salto sobre seu estõmago. -Você não deve resistir a mim, pequenina. Eu sou sua outra metade." [Página 261]

Eu gostei muito do livro. Mikhail tem aquela coisa de que eu sou o macho dominante e você faz tudo que eu mando, e claro ela o manda ir pastar. Ele é um príncipe, líder do seu povo e está acostumado a ter tudo com uma ordem. Raven é americana, sempre se cuidou sozinha e apesar de sentir algo forte pelo Mikhail ela não quer jogar tudo pro alto por um homem que conheceu a uns dias. Bem sensato da parte dela.
 
"Cárpatos entendem a natureza frágil dos nervos das mulheres. As mulheres - especialmente as mulheres americanas - simplesmente não conseguem aguentar a adversidade que nós aguentamos.    ....-Mas nós somos carismáticos, sexy e estamos sempre certos."  Conversinha entre Raven e Jacques [Página 366]

A autora trabalhou bem os defeitos dele (dominador, arrrogante...) e as inseguranças dela. Deu pra ficar convencida do relacionamento deles. E claro tem as partes de perigos causados pelos assassinos misteriosos, personagens que vão protagonizar outros livros da série que deu ação a trama.
 
"-Mas não é o seu corpo que me cativa. Raven, não é sua pele impecável ou a perfeição da combinação do corpo de nós dois quando estamos juntamos. É quando eu me misturo com você e vejo quem você realmente é que eu descubro o que é um milagre de verdade." [Página 285]
No livro está escrito "juntamos" mesmo em vez de "juntos". O único erro ortográfico que reparei no livro mas o quote é lindo, ignorem o erro.
 
Quem tiver alguma dúvida nos termos usados tem um glossário nas páginas finais do livro. Mas cuidado que está colado com o final do livro. E não lembra tanto assim a série Irmandade da Adaga Negra. Podem ler tranquilos e serem felizes com essa nova turma com presas.

A capa brasileira está linda e sedutora. 
 
Se preparem pra uma longa saga. A série tem mais e 20 livros publicados nos EUA. Cada livro conta a história de um personagem e os personagens antigos continuam aparecendo em segundo plano. O próximo livro contará a história de Jacques, irmão de Mikhail. Mas será só no 4° livro que terá a história do meu queridinho Gregori. Só me resta esperar.



 

                                                                            Beijos, Erica Marts



20 comentários:

  1. Ahhh, tb estou na espera do livro do Gregori <3

    ResponderExcluir
  2. Oi Érica!
    Esse livro parece ser mesmo muito bom! Mas é uma série tãooo longa... Acho que vou terminar de comprar e ler IAN primeiro.
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. Estou morrendo de vontade de ler esse livro acho que a única coisa que me assusta é o fato de ter tantos livros lançados ..

    Beijinhos,Thais P.http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus , não preciso dizer que amei o livro , a capa é linda e a historia de tirar o folego ! Estou doida pra ler esse livro !

    ResponderExcluir
  5. Eu quero esse livro na minha estante ! A capa é linda de duer e a historia me conquistou ! Ja tentei comprar esse livro mas ainda não deu ! QUE COISA !

    ResponderExcluir
  6. estou super anciosa para ler o príncipe sombrio.
    deve ser um livro ÓTIMO!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu também adoro o tema vampiresco e nunca me canso disso!

    ResponderExcluir
  8. Nossa esse livro parece ser profundo só pela sinopse cheia de dor...

    mas no Fundo é uma longa história também 20 livros!!http://aleitoracassia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Meu Deus!!

    Essa serie tem potencial...além de falar de um assunto que eu adoro, ainda tem uma capa linda( eu sei...não julgue o livro pela capa...mas aqui a capa é um complemento à favor )

    ResponderExcluir
  10. Adoro livros assim é que capa e essa!!!!!

    ResponderExcluir
  11. sempre que eu vejo "Cárpatos" eu lembro de carrapato HUAHA Mas eu não tinha visto nada do livro, não esperava isso. Me chamou atenção e deu até vontade de ler. Talvez (talvez) eu decida dar uma chance

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga, como vai. Amei seu blog e agora estou te seguindo.Aproveito para convidar-te para participar da promoção que está rolando lá no blog http://diariovirtualdaane.blogspot.com/2012/01/promocao-sorteio-entre-as-150.html

    Beijos

    Ane
    http://diariovirtualdaane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. 20 livros??????Série longa!!!!Fiquei bem empolgada em ler este livro mas depois de saber quantos são...mas vou tentar rsrsrs .De cara a capa me chamou a atenção e depois é claro a história.Boa resenha.
    BJS

    ResponderExcluir
  14. Adorei a capa deste livro, estou ansiosa lê-lo após esta resenha, pois para mim é muito importante saber que o relacionamento de 
    Mikhail e 
    Raven é convincente. Contudo, saber que a série é longa só faz a minha ansiedade crescer ainda mais. 
    Marianna Santos

    ResponderExcluir
  15. ja vi muitas criticas boas sobre esse livro, mas tambem muita gente diz que não gostou. Mas mesmo assim quero ler o livro hehe
    http://sector-12.blogspot.com/ 

    ResponderExcluir
  16. Já ouvi muitos elogios,portanto pretendo lê-lo!A resenha ajudou na decisão.
    Beijos
    Fabianne

    ResponderExcluir
  17. Clara Rios - @CGominha30 de janeiro de 2012 21:55

    Antes de tudo... AMEI a capa, tipo... Nota um milhão para ela >.<

    Eu também não me canso de séries de vampiros, para mim esse seres ainda podem render muitas historias de tirar o folego! 

    Como assim a serie tem 20 livro? O.o

    ResponderExcluir
  18. Hum... preciso ler IAN. E agora preciso ler essa série também. Bem, convenhamos, mais de 20 livros é para matar uma bookaholic do coração. Onde arrumarei dinheiro para comprar isso tudo? No momento, estou até sem estágio (mimimi), rs.

    Gostei de história (ah, não! Vou querer comprar!). Fugiu um pouco ao lugar-comum de vampiros perfeitos e mulheres humanas perfeitamente submissas. Há uma mitologia nova. Não é só mais um livro sobre vampiros. Certamente, acrescenta ao gênero.

    Confesso que, quando vi a capa, achei que era mais um livro da Irmandade. Obrigada por deixar as diferenças bem claras.

    Um abraço,

    Fátima Menezes - @RecantoCaliope - http://recantodecaliope.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. adorei a resenha, adorei a história! muito bom e também adoro o tema vampiros, é irresistível haha

    ResponderExcluir
  20. Quando me deparei a primeira vez com a capa deste livro fui logo torcendo o nariz. Livro de vampiros tudo bem, o problema é esta capa, que nem preciso dizer, está direcionada ao público feminino.
    Porém, confesso que a mitologia acabou me vencendo. Passei a ler mais e mais resenhas sobre esta saga. E não é que estou curioso novamente?!?!
    E como você bem colocou no trecho: os "Cárpatos entendem a natureza frágil dos nervos das mulheres". Bom, como ainda continuo tentando aprender um pouco mais sobre o universo feminino e os Cárpatos estão dando esta colher de chá, quero ler.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails