Resenha: O Preço da Imortalidade - Felipe Santos



Autor: Felipe Santos
Ano: 2010
Número de Páginas: 544 páginas
Editora: Novo Século
Adicione: Skoob
Compre: aqui

Sinopse 

Uma revolta de camponeses nas terras do nobre inescrupuloso Truman em 1213 termina sem vencedores. Três dias depois da luta William Brenauder acorda preso numa masmorra escura e úmida. Um jovem camponês de apenas dezesseis anos descobre que escapou da morte ao se transformar na temida criatura condenada a sugar eternamente o sangue dos homens. Seu lar não existe mais, toda a sua família foi morta por um vampiro e todos os acontecimentos do dia da revolta estão apagados da mente do jovem. Arrastado para um novo mundo onde os fracos sucumbem e a justiça não existe, William descobrirá que intrigas, inveja e orgulho ditam as leis dos imortais. Mas agora o secular jogo de poder entre os vampiros está prestes a mudar. Dividido entre o desejo de vingança contra o desconhecido assassino de sua família e o medo de perder o que resta de sua humanidade, o camponês terá que trilhar uma linha perigosa entre o bem e o mal. Seu lado mais negro está cada vez mais perto de assumir o controle e a chave do mistério está nas suas memórias perdidas. O tempo está correndo contra ele e, mais cedo ou mais tarde, o jovem descobrirá que na vida ou na morte a imortalidade tem seu preço.


Inglaterra, idade media, igreja católica , vampiros e fadas sempre foram temas amplamente utilizados na literatura. No livro O preço da imortalidade , livro de estréia pela editora novo século , de Felipe Santos encontramos todos estes elementos reunidos.

O livro possui uma capa belíssima que nos da uma idéia do que esta por vir. O livro de 544 paginas nos apresenta a historia de William Brenauder, um jovem camponês de apenas 16 anos que de uma só vez , perde todos seus familiares em guerra e descobre que se tornou um vampiro. Ele busca por vingança e respostas e nós , leitores , o acompanhamos nesta empreitada. A história se desenrola no reinado de João sem terra , um rei impiedoso que pouco se importava com o povo ao contrário de seu antecessor , o amado e admirado rei Ricardo , coração de leão.

Felipe Santos descreve tanto as paisagens quantos os diálogos tão bem que é possível visualiza–los ou ouvirmos seus interlocutores com familiariedade. Também assistimos o poderio inquestionável e temido da Igreja Católica. Os homens tementes demais a Deus , com seus medos , anseios e desejosos de garantir seus lugares no céu.

O protagonista desta história trava uma batalha interna religiosa. Como um cristão fervoroso pudera se transformar em uma besta? Como reverter o processo? Salvação será que ainda existiria alguma para o mesmo? Estes são os conflitos vividos pelo jovem William.

Somos apresentados a personagens fortes como o astuto Arctos de Pontis, a corajosa Lisa Timbook, o orgulhoso Lam Sahur e o carismático Reinald Galf.

Sentimentos como lealdade, amizade , gratidão, ódio são muitos levantados na trama. Um dos pontos fracos do livro é a inconstância de alguns personagens , ora bons , ora maus ( sem caráter definido) . A luta interna ( crise de consciência )de William num determinado ponto do livro chega ser cansativa. E o desfecho da historia é completamente contrário aquilo que foi questionado e exposto anteriormente. Como o livro é uma série , o autor "talvez" tenha tido um motivo muito forte para ter feito isso. Nos basta aguardar ansiosamente o próximo volume para conferirmos o andamento da saga.

19 comentários:

  1. No desenvolvimento parece ser mto bom, mas pelo que entendi o autor deu uma perdida no final, sei lá acho que isso desanima um pouco os leitores de ler a continuidade da série.
    Deu vontade de ler, mas não uma prioridade.

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, mas confesso que não fiquei muito empolgada para ler.
    Se aparecer a oportunidade, lerei, mas não está no topo da minha lista.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gostei da resenha me parece um livro bom, gostei. Da a impreensão de ser de tudo um pouco.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Muito legal, adoro livros com histórias de amizades mas com personagens com personalidade! Ora mocinho, ora bandido não dá neh..

    hehehe!

    beijocas

    ResponderExcluir
  5. A sinopse é interessante, a resenha ficou muito boa. Vou querer ler esse livro ;)
    beijoos

    ResponderExcluir
  6. Um livro de +540 páginas ser uma série... MEU DEUS, tem que ser uma SUPER história, cheia de fôlego e MUITO bem escrita.

    Fiquei um pouquinho curiosa, apesar dessa coisa VampiroXIgreja já ser meio batida pra quem acompanha esse tipo de literatura (sério, Dracula já tinha esse problema).

    Enfim, gostei dos comentários honestos ;D

    Beijocas!
    Juh Oliveto
    Livros & Bolinhos ~

    ResponderExcluir
  7. Puxa estava indo tudo muito bem até chegar na parte confusa da coisa, fora que será uma serie e ando meio cansada delas. Gosto de historias com começo, meio e um bom final.Finais confusos, me estressam, e perco a vontade de ler a continuação ao inves de ficar curiosa.Fazer o quê?!!!Mas a resenha foi muito esclarecedora. Bjkss

    ResponderExcluir
  8. Terminei de ler esse livro recentemente e gostei muito.
    O Felipe é um ótimo escritor.

    Beijinhos...
    *Pri*
    www.viajenaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  9. Esse livro tem cara de ser interessante pelo título e pela capa! E é serie...mas um livro confuso é sempre algo perdido, mas se ter uma continuação mais coerente e definidor talvez melhore!

    Gostei da resenha!
    bjuss

    ResponderExcluir
  10. Oiieee!!
    Passei para conhecer o seu blog!!!

    Gostei bastante! ^^

    Eu ainda não conhecia este livro.
    Adorei a sua resenha!

    Estou seguindo-te!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oieee!!
    Eu li este livro e estou relendo! Ele é ótimo!
    Acho que a resenha não transmite o que o livro realmente passa em relação ao final da trama. O final não é confuso como passado pela resenha. Eu entendi que William faz uma escolha. Alguns podem gostar, outros não. Reconheço que é polêmico, mas de nenhuma forma confuso. Algumas críticas são pertinentes, enquanto outras não refletem o que está no livro.
    Alguns personagens são bastante complexos (dualiadade ente o bem e o mal) e não sem caráter, o que nos lembra "A Entrevista com o vampiro" de Anne Rice, embora tenha uma diferença grande entre os livros.

    Parabéns pelo blog! Ótimo trabalho!

    Beijos
    =D

    ResponderExcluir
  12. Olá a todos!!
    Amei este blog super fofo!! :)
    Concordo com a Cláudia! Já li este livro e ameiiii demais!
    Adorei a resenha até o penultimo parágrafo!rsrs
    O último parágrafo me desanimou, mas conhecendo o livro, sei que a resenha está equivocada.
    A maioria das pessoas esperam finais previsíveis em que tudo termina do jeito que queremos e vivemos felizes para sempre. Isto não ocorre exatamente desse jeito no livro.
    Apesar do meu personagem favorito ser o Arctus de pontis,o William tem personalidade sim! Impossível vc se tornar um vampiro e não fazer um questionamento sobre o que é certo ou errado na sua nova vida (se é que ele tem vida), ainda mais na era medieval católica!
    Mesmo com 500 e tantas páginas, eu espero uma continuaçào sim! Quando o livro é bom, quanto mais..melhor!!

    Leiam este livro!
    fica a dica!
    bjinhos!!

    ResponderExcluir
  13. Nossa, nunca tinha ouvido falar no livro.
    mas também não fiquei muito afim de ler não.
    Não é do genero que eu gosto ):'

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Gostei da sua resenha.
    Não sei se é a foto, mas a capa pra mim é comum.
    Fiquei com vontade de ler!!!

    Bye

    ResponderExcluir
  16. A resenha me deixou com vontade de ler o livro, mesmo com os problemas apresentados. Gosto de finais surpreendentes.
    bj

    ResponderExcluir
  17. Pelo que pude perceber a história é bem do jeito que eu gosto, mas confesso que fiquei muitoooo assustada quanto ao número de páginas, principalmente por ter uma sequência. De fato, o autor deve ter muuuuita história pra contar!
    Fiquei um pouco desanimada pelo final incoerente que você menciona que o livro tem, contudo, quando tiver uma oportunidade eu lerei.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Eu gostei muito do livro e gostaria que tivesse continuação. 

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails